Saude sexual no casal

A diminuição da libido (interesse sexual) em homens é uma queixa comum em consultórios urológicos, notadamente entre os idosos. segredo, segundo as profissionais da área, é manter não só a famosa "chama da paixão" acesa, mas sim, a admiração mútua. " homem precisa admirar a mulher ao seu lado para manter desejo sexual ativo. Para que isso aconteça, é necessário sempre investir no casal de tempos em tempos. Essa é uma tarefa que não termina! É um erro achar que porque casou um já conquistou outro, e nada mais é preciso fazer para mantê-lo ao seu lado. Casamento é um eterno investimento na relação, e uma das melhores formas de crescimento pessoal", conclui a psicóloga.

Sempre devemos observar se há alguma causa orgânica determinando a baixa do desejo ou a aversão, como, por exemplo, os desequilíbrios hormonais, os nódulos, infecções nos genitais ou uso de algumas medicações que têm, como efeito colateral, a diminuição do apetite sexual.

tratamento do prolactinoma é com remédios, que também reequilibram a produção de testosterona. Já em outros tipos de tumor na hipófise, pode haver necessidade de cirurgia. "Às vezes esses tumores só são diagnosticados quando crescem e comprimem nervo óptico, afetando a visão", explica Musolino. Por isso, investigar melhor uma queda nos níveis de testosterona é importante, sugere a médica.porque abaixa a testosterona









A testosterona é principal hormônio do sexo masculino -embora seja encontrado também no organismo da mulher, só que em menor quantidade. É fundamental para desenvolvimento dos tecidos reprodutores, como os testículos e próstata, para aumento da massa muscular e para crescimento de pelos, além de regular desejo sexual. Como a taxa de testosterona no corpo vai diminuindo conforme a idade avança, essa é a principal causa de baixa libido entre os homens mais velhos. Mas os mais jovens também podem sofrer com essa baixa. Um dos sinais que podem indicar a queda do hormônio é a ausência de ereção ao acordar pela manhã. tratamento é simples, feito com a reposição do hormônio por meio de injeções ou comprimidos, mas é necessário cuidado extra com pacientes que tenham pressão alta, diabates e problemas de coração.

Quando bem indicada, e desde que seja feita a monitorização adequada, é segura. No entanto, pode haver aparecimento de acne e reações na pele e, eventualmente, piora na evolução de cânceres. Por isso, é contraindicada em portadores de cânceres de próstata e de mama, por exemplo.

"A testosterona também atua diretamente no sistema nervoso, incluindo áreas responsáveis pela cognição e concentração", afirma a endocrinologista Ruth. Dessa forma, baixos níveis do hormônio também se traduzem como uma dificuldade para manter a concentração em atividades ou mesmo assimilar conceitos. "Uma consequência dessa falta de atenção pode ser a dificuldade de memorização", completa Ruth.

Os sintomas não necessariamente aparecem todos juntos e a intensidade pode variar. A queda nos níveis de testosterona, a longo prazo, pode estar associada ao desenvolvimento de níveis anormais de colesterol e à síndrome metabólica, que aumenta inevitavelmente a probabilidade de manifestação de doença cardíaca, acidente vascular cerebral e ataque cardíaco.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *